Sindicato fundado em 1939 visando a promoção da educação e a valorização de todos os seus profissionais. Visamos a qualidade no Ensino Público e Privado.

Recentes

22/04/2021

Relembrar Abril e os "Três Dês" em 2021

Prestes a comemorar os 47 anos do 25 de abril, devemos revisitar os três objetivos do MFA:



Democratizar, Descolonizar e Desenvolver.

 

Estando o regime democrático na idade adulta, temos que:


Democratizar:


- a Escola, um ensino com estratégia e objetivos bem definidos e promovendo a excelência, não uma Escola cuja bitola seja a mediocracia.


- a Justiça, acesso pleno ao sistema de justiça, custas judiciais comportáveis e celeridade nos seus atos. Uma justiça ética e compreensível para os cidadãos.


- a Saúde, com acesso universal aos cuidados de saúde, em tempo real e de forma preventiva, 8 horas no mínimo numa urgência não é admissível.


- proteção às crianças e idosos. Creches e lares para todos.


- o Estado, com serviços orientados para a resolução efetiva dos problemas dos cidadãos e não um Estado cujos serviços servem apenas o Estado.


- a Economia, abertura da economia aos cidadãos, eliminação de fatores burocráticos.

 

Descolonizar:


- o estado e as autarquias dos clãs instalados.


- a justiça, independente e coerente.


- a banca e seguros, cujos clãs colonizam os seus clientes.


- empresas sorvedoras da riqueza de cada cidadão, as ditas empresas estratégicas, sem futuro, mas com muito capital publico dos impostos.


- as empresas “rendeiras” do regime, eletricidade e gás, combustíveis, comunicações, autoestradas, portos e aeroportos.

 

Desenvolver:


- regime fiscal, atendendo à realidade do país, somos a Suécia nos impostos e a Albânia na economia.


- promover o crescimento económico e não a estatização da economia.


- apoiar as empresas, promover as empresas, promover os produtos locais visando o mercado global.


- uma cultura empresarial, que vise uma concorrência justa no mercado nacional e internacional.


- uma estratégia de crescimento económico, basta de: tática em tática.


- desígnio quantificável de crescimento económico, metas bem definidas.


- Trabalho digno, remunerações dignas.


- Redução da taxa de pobreza.


- Cumprir o prometido: aproximação contínua aos padrões de vida dos países mais desenvolvidos da Europa, fácil de quantificar.


Assim, poderemos comemorar o 25 de abril, com esperança reforçada no futuro, ou, mais uma vez, de forma cinzenta adiamos o país...

 



Seremos os primeiros dos últimos.

1 comentário: