Sindicato fundado em 1939 visando a promoção da educação e a valorização de todos os seus profissionais. Visamos a qualidade no Ensino Público e Privado.

Recentes

15/02/2021

ME: E de Educação ou Entrudo

O MINISTÉRIO (OS RESPONSÁVEIS) SÃO ISTO QUE ESTÃO A DEMONSTRAR: INCOMPETENTES, DESPREOCUPADOS E NEGLIGENTES.



1. Quando decidiram pelo encerramento das Escolas para reforçar o confinamento logo se lembraram que as Escolas Privadas mesmo que quisessem e pudessem estavam impossibilitadas de ter "Ensino à Distância" pois, segundo os sapientes...isso aumentava as desigualdades entre alunos de classes sociais desfavorecidas e alunos de classes mais elevadas;


2. Quando decidiram que todo o ensino seria em regime à distância houve quem demonstrasse que isso colocaria alunos em desigualdade, pois uns tinham e outros não tinham meios para o poderem ter e fazer. Mas, desta vez, isso já não aumentou as desigualdades entre alunos de classes sociais desfavorecidas e alunos de classes mais elevadas;


3. Esta situação só ocorre - de haver Escolas sem meios e outras com possibilidades - porque a tutela não fez o que devia ter feito há cerca de seis meses, visto que há quase um ano que houve necessidade de encerrar as Escolas aquando da Primeira Vaga que deu origem à Pandemia que continua a atingir Portugal;


4. O Ministério da Educação é isto. Incapaz de planear. Com soberba que tudo controla. Desinteressado em valorizar o Ensino. Despreocupado em que existam alunos, professores e restantes elementos que compõem a Escola em dificuldades. Em resumo: não faz nem deixa fazer.

 

5. Vamos andar nisto, sempre a remendar. Sempre a puxar uma manta curta que ora tapa de um lado, ora destapa de outro. Uma manta que não é a manta certa, com "as medidas" devidas porque o M.E. é de uma incompetência inqualificável. 


PELO MENOS ESTA SITUAÇÃO, SENDO PÚBLICA E VISUALIZADA, SERVE PARA MOSTRAR A TODOS O QUE É O MINISTRO E OS SEUS ADJUNTOS.


6. Pelo que está a ocorrer os associados do SINAPE bem como todos os funcionários e utentes do Ensino têm agora, à vista desarmada, o que ocorreu durante as negociações com os Sindicatos entre 2017 e 2020. Um Ministro sem saber o que fazer. Um Ministro a empurrar os seus adjuntos para não poderem apresentar soluções (alegando não ter competência para tal), permitindo ao senhor ministro andar escondido a "passar pelos pingos do chuva". O Ministério da Educação com este ministro e toda a constelação de secretários e assessorias foi isto que está a mostrar agora. Só que aquando das negociações esta incompetência, arrogância, soberba, incapacidade, negligência, avareza, cobardia, "dar o dito por não dito", pelintrice, agachamento perante outros ministros e ministérios, ficou entre quatro paredes. Entre representantes do M.E. e dos Sindicatos. Agora tudo isto ficou exposto.


Expostos em público devido à incapacidade (e tudo o mais) perante a Pandemia. Sem soluções ou medidas atabalhoadas e contraditórias. Agora todos podem perceber pois tudo o que está a ocorrer serve para ilustrar o porquê de não saber negociar, nem ser justo para com os Docentes portugueses. Este Ministério e Ministro nem parecem da Educação. Parece que gostam é do Entrudo!


O SINAPE NÃO DESISTE, INFORMA E DIVULGA.

Sem comentários:

Publicar um comentário