Sindicato fundado em 1939 visando a promoção da educação e a valorização de todos os seus profissionais. Visamos a qualidade no Ensino Público e Privado.

29/02/2020

Dia Mundial das Doenças Raras

INSTITUÍDO DESDE 2008.



Assinala-se no último dia de fevereiro, com destaque para 29, por ser um dia "raro".

Segundo a Organização Mundial de Saúde (O.M.S.), as doenças raras são as que afetam até 65 pessoas em cada 100 mil indivíduos. Na União Europeia (U.E.) considera-se "doença rara" as que têm uma prevalência inferior a cinco em 10 mil pessoas.


Existem entre seis a oito mil doenças raras, a maioria de origem genética, que afetam cerca de 40 milhões de pessoas na Europa, particularmente crianças. São doenças crónicas, graves e degenerativas que colocam em risco a vida dos pacientes.



Doenças Raras em Portugal


Em média, 5 a 6 por cento da população portuguesa poderá vir a sofrer de uma doença rara. As doenças raras mais frequentes são as genéticas e as reumatológicas. Alguns tipos de cancro, por terem poucas incidências, são considerados doenças raras.


O SINAPE associa-se a este dia divulgando a comemoração para sensibilizar os seus associados, a população e solidarizar-se com os doentes que padecem de maleitas que limitam a sua vida. 


 SINAPE: PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO  

Ler mais

20/02/2020

Dia Mundial da Justiça Social

INSTITUÍDO PELA ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS (O.N.U.) EM 2007.



Assinalado pela primeira vez em 2009, o objetivo da comemoração deste dia é sensibilizar a população para a necessidade de enfrentar as realidades resultantes da pobreza, do desemprego e da exclusão, tentando criar oportunidades para todos e combater as desigualdades no Mundo. Igualdade, bem estar, trabalho e justiça para todos são algumas das preocupações desta data assinalada, anualmente, em 20 de fevereiro.



Algumas das principais ações para as quais esta iniciativa sensibiliza está a eliminação da pobreza, o bem estar da população e o fim de qualquer tipo de descriminação dentro da sociedade.



Alcançar a justiça social significa promover uma convivência pacífica e saudável entre as Nações, eliminando as barreiras do preconceito, seja por diferenças de etnia, religião, cultura, idade ou costumes, por exemplo.


Justiça social é quem trabalha, disponibilizando à sociedade aquilo que tem,  deverá ser devidamente remunerado. 


 SINAPE: PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO  

Ler mais

13/02/2020

Dia Mundial da Rádio

ASSINALADO PELA NONA VEZ.



 Em 2011, a UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura) decidiu que o dia 13 de Fevereiro seria o «Dia Mundial da Rádio» estreando a iniciativa em 2012.


Em 13 de fevereiro de 1946, na Sede da ONU, em Nova Iorque (E.U.A.) iniciaram-se as emissões, em onda curta, da RNU - Rádio das Nações Unidas - para todo o Mundo, com noticiários e programas emitidos, entre 9 a 12 horas diárias, nas então, cinco línguas oficiais da organização mundial: Castelhano, Francês, Inglês, Mandarim e Russo.


A tecnologia que suporta as emissões radiofónicas teve início no século XIX com os trabalhos desenvolvidos por Tesla e Marconi. Em 1906 regista-se a primeira emissão experimental, para 12 anos depois (1920) começarem as emissões regulares. Este avanço tecnológico da Humanidade, fez da rádio, um expoente do desenvolvimento da espécie Humana: o entretenimento baseado na audição de música e divulgação de diálogos. Acrescentaram-se mais tarde os noticiários, que foram instituídos de hora-a-hora, com cada emissora a personalizar o sinal sonoro.



Depois de algumas experiências pontuais e geograficamente localizadas num espaço restrito, a Emissora Nacional (atual Antena 1) iniciou as emissões regulares, em 1 de Agosto de 1935. 



Surgiram depois muitas outras emissoras até à atualidade com rádios a emitirem por sinal, em exclusivo, na internet.

 


Rapidamente a TSF (Telefonia Sem Fios) tornou-se companhia indispensável para a população. Os conteúdos foram-se diversificando abarcando público de todas as idades, sensibilidades e gostos. Se a Imprensa era indiferente para os analfabetos - uma enorme maioria em Portugal - a rádio fazia chegar até eles notícias, música e entretenimento de todo o Mundo.Depois da primeira globalização com os Descobrimentos portugueses eis que chega a «Nova Globalização». Os radiófilos tinham acesso a emissoras de todo o Planeta que transmitissem em «Onda Curta».



Surgiram depois muitos outros suportes informativos, primeiro a televisão, depois a internet, mas a rádio nunca deixou de acompanhar tudo e todos. Para quem viaja horas a fio de automóvel ainda é o meio privilegiado. Para a solidão que grassa entre o ruído e bulício citadino ou entre o bucólico Mundo Rural é uma boa companhia. 



Como será e como se manterá a Rádio no século XXI? A população deste século responderá!

 SINAPE: PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO  
Ler mais

04/02/2020

Maior Que o Mundo Só o Amor

DIA MUNDIAL LUTA CONTRA O CANCRO.




O Inverno anuncia a Primavera
Se nuvens há em ti
Gotas de vida derramam
Persistentes
Caem
Salpicam
Enlameiam o chão
Turvam os teus pensamentos
Nessa vida outrora pungente
Nada será em vão
Nunca te esqueças
Continuas a ser gente
Brota já o renascer
Um novo ciclo se adivinha
Flores: primeiro as amarelas
Depois as roxas
A seguir as brancas
Sim são elas
A Primavera vai florir
A tua vida vai voltar a sorrir
.
Texto: AGLM (SINAPE)

 SINAPE: PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO  
Ler mais